Stanford University
CESTA
The Plays of França Júnior
Play
The Plays of França Júnior

Authors: Alexis Guadarrama, Roseann Cima, Frederico Freitas, Maya Krishnan, Erik Steiner and Zephyr Frank

About this Visualization

It is plain, then, that there is an intention to encapsulate a representative type of the Brazilian ruling class, through relationships peculiar to him . . .from another angle, this spectrum of characters represents a system of positions whose links with the political and economic organization of the country are palpable. –Roberto Schwarz, A Master on the Periphery of Capitalism, 46.

Taking our cue from Schwarz's insight into the critical social information embedded in Memórias Póstumas, this visualization provides a dynamic tool for the exploration of social positions in the plays of Joaquim José da França Júnior (1838-1890). Nine plays by França Júnior have been rendered as social network diagrams. Characters connect via spoken dialog. If one character speaks to another, a line semi-arc between the two is drawn. The greater the volume of speech (the character count in each interaction), the thicker the line. A social network algorithm places the character nodes in a system of positions along the lines suggested by Schwarz. Using the tools provided along with this visualization, it is possible to begin to explore questions regarding patterns of interaction in Brazilian society, particularly in the city of Rio de Janeiro, during the second half of the nineteenth century. Who could speak in the realistically imagined universe of França Júnior's plays? How was speech differentiated by gender, age, race, class, and the social positions of speakers and listeners? In order to provide a systematic measure of the kinds of dialog exchanged among characters that can be compared within a given play but also across a larger corpus of plays, we employ a natural language algorithm to perform topic modeling on the dialog contained within the plays. Five primary topics were generated: Family, Feelings, Status, Money, and Politics. The proportion of speech for each character is measured for each topic in relation to each and every listener. In this way, one may examine not only the volume of dialog between characters, but also the topical content of speech. Nota Bene: The measure of volume of speech is by character rather than by word.

Saiba Mais Sobre Esta Visualização

Fica clara, assim, a intenção de sintetizar um tipo representativo da classe dominante brasileira através das relações que lhe são particulares. (...) De outro ângulo, este leque de caracteres encerra um sistema de posições cujo vínculo com a organização econômico-política da propriedade no país é palpável. –Roberto Schwarz, Um mestre na periferia do capitalismo, 71.

Partindo de uma visão de Schwarz sobre as informações essenciais sobre a sociedade presentes em Memórias Póstumas, esta visualização oferece uma ferramenta dinâmica para a exploração das posições sociais nas peças de Joaquim José da França Júnior (1838-1890). Nela, nove peças de França Júnior foram processadas como diagramas de redes sociais onde os personagens são conectados pelo diálogo. Quando um personagem se dirige a outro, um semi-arco entre os dois é traçado. A grossura do traço é medida pelo número de caracteres presentes em cada interação—quanto maior o número de caracteres, mais grosso o traço. Um algoritmo de rede social coloca os personagens em um sistema de posições similar àquele proposto por Schwarz. Com as ferramentas disponíveis nesta visualização, é possível explorar questões relativas aos padrões de interação da sociedade brasileira durante a segunda metade do século XIX, particularmente na cidade do Rio de Janeiro. Quem tinha voz no universo realista das peças de França Júnior? Como se diferenciava o discurso por gânero, idade, raça, classe e posição social entre falantes e ouvintes? A fim de fornecer uma medida sistemática para os tipos de diálogo trocado entre os personagens, tanto em uma determinada peça quanto em um corpus de peças de teatro, empregamos um algoritmo em linguagem natural para realizar uma "modelagem de tópico" sobre o diálogo contido nas peças. Cinco tópicos principais foram gerados: Família, Sentimento, Status, Dinheiro e Política. O discurso de cada falante é medido por tópico em relação a cada ouvinte. Desta forma, pode-se representar não apenas o volume de diálogo entre os personagens, mas também o conteúdo temático de cada relação discursiva.

RELATED VISUALIZATIONS:
Play
The Slave Market in Rio de Janeiro: Movement, Context, and Social Experience
Play
Patterns of Change in Railroad Company Board Members, 1872-1894
Play
Machado de Assis: Memórias Póstumas
Play
Yellow Fever Epidemic of 1850: Scale, Time, and Space
Play
Rio de Janeiro Historical Address Locator
Play
Lawyers in Rio de Janeiro: Movement in the City Center, 1860-1889
Play
Tenement Housing in Rio de Janeiro, 1870s-1880s
Spatial History